domingo, 23 de maio de 2010



DENTRO DA ROSA



O que há dentro da rosa
Melindrosa e generosa?
O que há dentro da rosa?
Que a faz tão amorosa?

O que há dentro da rosa?
Que perfuma a poesia?
O que há dentro da rosa?
Que irradia melodia?

O que há dentro da rosa?
Que burila o amor.
O que há dentro da rosa?
Que punhado de valor!

O que há dentro da rosa?
Que conspira contra a guerra.
O que há dentro da rosa?
Que transforma qualquer terra


Autor: Gil Serra Regalino (S.P)

Fonte: Livro de Português da 5ª série "Isto é Comunicação" de Alexandre Castello (1978)

1 comentários:

Angela Maria disse...

No primario li este poema e nunca esqueci, procurei durante muito tempo e só agora o encontrei.

 
;