domingo, 23 de maio de 2010
Que saudades dos belos tempos...
se pudesse viveria tudo outra vez...

Coração de Papelão

Jairzinho e Simony



Recortei a luz da lua e colei num papelão
Escrevi assim sou sua e te fiz um coração
Encontrei você na rua, você nem deu atenção
Eu nem sei qual é a sua, coração de papelão
Então chorei, até pensei, amor assim pra que ?
Meu bem não sei fingi que nem te olhei
Sempre quis namorar com você ( meu amor sempre quis namorar com você )

Se essa rua fosse minha, eu mandava ladrilhar
Com o brilho dos seus olhos, só pro meu amor passar
Se essa rua fosse minha, eu mandava ladrilhar
Com o brilho dos seus olhos, só pro meu amor passar


0 comentários:

 
;