domingo, 21 de junho de 2009 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS

Existe festa mais divertida do que Festa Junina?!

É só clikar pra ouvir a quadrilha:




CHEGOU A HORA DA FOGUEIRA

Estilo: Samba
Carmen Miranda
Chegou a hora da fogueira!
É noite de São João...
O céu fica todo i1uminado
Fica o céu todo estrelado
Pintadinho de balão...

Pensando no caboclo a noite inteira
Também fica uma fogueira
Dentro do meu coração...
Quando eu era pequenino
De pé no chão
Eu cortava papel fino
Pra fazer balão...
E o balão ia subindo
Para o azul da imensidão...
Hoje em dia o meu destino
Não vive em paz
O balão de papel fino
Já não sobe mais...
O balão da ilusão...
Levou pedra e foi ao chão...
_____________

NOITE DE SÃO JOÃO
Kleiton e Kledir

Era noite de São João
E eu saia com meu irmão
De bigode de rolha
E chapéu novo em folha
Brim Coringa e alpargata

Toda noite de São João
Eu sonhava em pegar da mão
De uma prenda bonita
De vestido de chita
E Maria Chiquinha

Soltando foguete (tchê)
Pulando fogueira (há)
Era noite de São João

Toda noite de São João
A quermesse era um festão
Bandeirinhas no arame
De papel celofane
Pau de sebo e de fita

Era noite de São João
E depois de comer pinhão
Vinha pé-de-moleque
Puxa-puxa e um pileque
De caninha ou de quentão

Soltando foguete (tchê)
Pulando fogueira (há)
Era noite de São João

Era noite de São João
Cordeona com violão
Esquentavam as moça
E eu nesse bate-coxa
Não podia me segurar

Toda noite de São João
Eu voava que nem balão
Namorava as estrelas
Que são primas terceiras
E afilhadas de São João

Soltando foguete (tchê)
Pulando fogueira (há)
Era noite de São João.
0 comentários

POEIRA DA SAUDADE



FESTA DE SÃO JOÃO

MOR

De maio sobra o malho
Que começa em junho.
É nesse velho embaralho
De São João eu empunho.

A bandeira junina
Na festa de São João.
Ao lado da bela mina
Paçoca pipocae pinhão.

A rodear a fogueira
Naquele velho terreiro.
Esnfeitado d ebandeira
A sanfona e o sanfoneiro.

Da quadrilha o comando
O gaiteiro a gritar.
A festa ia animando
Meia volta vai dar.


São José/SC, 1 de junho de 2008.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados
.com.br

http://www.poetasadvogados.com.br/

sábado, 13 de junho de 2009 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS


Linda esta música!

Não consegui colocar a música, mas quem quiser conferir no site:

http://www.yehplay.com/musics/Moacir-Franco-Tema-De-Barbara/209043/

Tema de Bárbara

Moacyr franco

Nosso amor é o sol maior, queimando o verão.
Sobre a terra é um fogo ardente de uma paixão.
Uma luz que nem mesmo o tempo vai apagar
É o sonho maior que um homem pode sonhar.
Com você, sou um homem forte.
Com você sou o sol, com você vou ao céu.
Nosso amor horizonte livre, onde deus nos espera.
Onde esperam por nós.
Quando tudo for cinza, e o vento levar.
E a fumaça nos olhos, obrigar a chorar.
Quando tudo pra nós for, simples recordação.
Haverá sobre a terra uma chama de amor em mais um coração.

______________________________________

Esta em homenagem aos namorados pelo seu dia (12 de junho)

http://www.yehplay.com/musics/Nilton-Cesar-A-namorada-que-sonhei-Cigana-Luiza/43366/

A Namorada Que Sonhei

(Nilton César)

Receba as flores que lhe dou

E em cada flor um beijo meu

São flores lindas que lhe dou

Rosas vermelhas com amor

Amor que por você nasceu

E seja assim por toda a vida

E a Deus mais nada pedirei

Querida, mil vezes querida

Deusa na terra nascida

A namorada que sonhei

No dia consagrado aos namorados

Sairemos abraçados por aí a passear

Um dia no futuro então casados

Mas eternos namorados

Flores lindas, eu ainda vou lhe dar

Que seja assim por toda a vida

E a Deus mais nada pedirei

Querida, mil vezes querida

Deusa na terra nascida

A namorada que sonhei

0 comentários

POEIRA DA SAUDADE


Amor


Amemos! Quero de amor
Viver no teu coração!
Sofrer e amar essa dor
Que desmaia de paixão!
Na tu'alma, em teus encantos
E na tua palidez
E nos teus ardentes prantos
Suspirar de languidez!



Quero em teus lábio beber
Os teus amores do céu,
Quero em teu seio morrer
No enlevo do seio teu!
Quero viver d'esperança,
Quero tremer e sentir!
Na tua cheirosa trança
Quero sonhar e dormir!



Vem, anjo, minha donzela,
Minha'alma, meu coração!
Que noite, que noite bela!
Como é doce a viração!
E entre os suspiros do vento
Da noite ao mole frescor,
Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!

Autor: Manuel Antônio Álvares de Azevedo

domingo, 7 de junho de 2009 0 comentários

Doces Lembranças

FOLHAS DE OUTONO -

Roberto Carlos


As folhas caem

O inverno já chegou

E onde anda

Onde anda o meu amor

Que foi embora
Sem ao menos me beijar
Como as folhas

Que se perdem pelo ar

Mas ainda nela eu penso
Com muito carinho

As folhas vão caindo

E eu choro baixinho
Mas tenho a esperança
Que ela vai voltar
As folhas quando caem
Nascem outras no lugar
0 comentários

Poeira da Saudade


Que é - Simpatia
Casimiro de Abreu



Simpatia - é o sentimento


Que nasce num só momento,


Sincero, no coração;


São dois olhares acesos


Bem juntos, unidos, presos


Numa mágica atração.



Simpatia - são dois galhos


Banhados de bons orvalhos


Nas mangueiras do jardim;


Bem longe às vezes nascidos,


Mas que se juntam crescidos


E que se abraçam por fim.



São duas almas bem gêmeas


Que riem no mesmo riso,


Que choram nos mesmos ais;


São vozes de dois amantes,


Duas liras semelhantes,


Ou dois poemas iguais.



Simpatia - meu anjinho,


É o canto de passarinho,


É o doce aroma da flor;


São nuvens dum céu d'agosto


É o que m'inspira teu rosto...


- Simpatia - é quase amor!
 
;