sábado, 20 de dezembro de 2008

POEIRA DA SAUDADE ( PAPAI NOEL QUE NÃO VI)

Na semana anterior deixei de postar neste espaço da "Poeira da Saudade" por não ter uma poesia de Natal adequada para o momento. Pesquisando encontrei lindas mensagens.
Gostei muito desta, mas não queria simplesmente copiá-la sem o conhecimento do autor.
E deixei meu blog incompleto. Mas valeu a pena esperar.
Hoje estou postando com o consentimento do autor que me indicou o site "Recanto das Letras" e hoje passo a divulgar aqui.



Esse querido e dócil Papai Noel
com suas maravilhosas renas,
será ele, o nosso Papai do Céu
ou será algum Deus de Atenas?

Com sua voz terna e tão mansa
tem uma popularidade imensa,
será o sonho de alguma criança
a espera de uma recompensa?

Histórias sobre ele muito ja lí
que esta gravada na minha mente,
mas esse bom velhinho, jamais ví
jamais me trouxe um presente.

Mas muito com ele já sonhei
e ele, a minha vida nunca visitou,
nenhuma lembrança dele ganhei
sei o motivo, muito pobre sou.

Esse amado personagem mundial
que meus sonhos ja percoreu,
embora, nunca tive um natal
data,que minha infancia não conheceu.

Mas isso, nunca tirou o seu brilho
e tambem nunca me deixou triste,
hoje, tento convencer meu filho
que esse bom velhinho existe.

autor: Gil de Olive

"Obrigada Gil e Parabéns!"

0 comentários:

 
;