domingo, 20 de julho de 2008

POEIRA DA SAUDADE ( Amigos de Novos Amigos )


Amigos de Novos Amigos

(do livro “Amizade: Dom da Vida –Elena S. Oshiro)

Amigo,
a quem espero.
Em quem confio.
Onde minhas confidências
são prolongamentos de teu ser.
Amigo!
Com quem me sinto
acolhido,
perdoado,
livre.
Amigo!
Junto a quem eu peregrino,
às vezes abatido,
cansado,
angustiado,
mas nunca vencido.
Amigo!
Que me faz viver
Em toda existencial
Força de amor

E por isso sou o que tenho que ser:
Amigo de novos amigos.

0 comentários:

 
;