domingo, 28 de dezembro de 2008 0 comentários

Adeus Ano Velho



Imagem relacionada



Adeus ano velho
Feliz ano novo
Que tudo se realize
No ano vai nascer
Muito dinheiro no bolso
Saúde pra dar e vender.


Adeus ano velho
Feliz ano novo
Que tudo se realize
No ano vai nascer
Muito dinheiro no bolso

Saúde pra dar e vender.

Para os solteiros sorte no amor
nenhuma esperança perdida
Para os casados nenhuma briga
Paz e sossego na vida





0 comentários

DOCESLEMBRANÇAS (Marcas do que se foi)


Marcas Do Que Se Foi
The Fevers
Composição: Zurana


Este ano quero paz no meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão
O tempo passa
E com ele caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão ficar

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer


Este ano quero paz no meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão
O tempo passa
E com ele caminhamos todos juntos
Sem parar
Nosso passos pelo chão
Vão ficar
Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer
sábado, 27 de dezembro de 2008 1 comentários

POEIRA DA SAUDADE ( Poesia de Ano Novo)



Recebi de uma amiga e quero partilhar.


De repente num momento fugaz,

os fogos de artifício anunciam

que o ano novo está presente

e o ano velho ficou para trás.




De repente, num instante fugaz,

as taças se cruzam

e o champagne borbulhante anuncia

que o ano velho se foi

e o ano novo chegou.



De repente, os olhos se cruzam,

as mãos se entrelaçam

e os seres humanos,

num abraço caloroso,

num só pensamento,

exprimem um só desejo

e uma só aspiração:

PAZ e AMOR.


Derepente não importa a nação;

não importa a língua,

não importa a cor,

não importa a origem

porque sendo humanos

e descendentes de um só Pai,

lembramo-nos apenas de um só verbo: AMOR


Derepente,

sem mágoa, sem rancor, sem ódio

cantamos uma só canção,

um só hino:

o da LIBERDADE



De repente,

esquecemos e lembramos do futuro venturoso,

E de como é bom VIVER



domingo, 21 de dezembro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS ( NATAL BRANCO)

Natal Branco 2


White Christmas (música de Irving Berlin)
Versão de Marino Pinto

Lá, onde a neve cai, sempre
Sinos, festejam a noite de Natal
Os pinheiros brancos de neve
São como torres de uma catedral
Lá, onde a neve cai, sempre
Ou sob a lua tropical
O Natal é sempre oração
Oração de paz universal
0 comentários

POEIRA DA SAUDADE (ENTÃO É NATAL)

Outro poeta do RECANTO DAS LETRAS


ENTÃO É NATAL


Renasce o sonho da humanidade
No olhar feliz de tantas crianças
Olhares cheios de mil esperanças
De paz, de amor e de igualdade.


Reacende-se no peito a lembrança
Da estrela brilhante na antiguidade
Guiando a Belém, pequena cidade,
E ao petiz das bem-aventuranças.


Então é natal, bimbalham os sinos,
Um coro angelical saúda o menino
Vem de lá um cortejo de pastores
Vindo louvar ao príncipe da paz.
E o milagre outra vez se faz
Tingindo o Natal de eternas cores.
Jorge Linhaça
0 comentários

Cantigas de Natal







Bate o Sino


Jingle Bells (música de J.Pierpont)



Bate o sino pequenino

Sino de Belém

Já nasceu Deus-Menino

Para o nosso bem

Paz na Terra, pede o sino

Alegre a cantar

Abençoe Deus -Menino

Este nosso lar


Hoje a noite é bela

Vamos à capela

Sob a luz da vela

Felizes a rezar

Ao soar o sino

Sino pequenino

Vai o Deus-Menino

Nos abençoar


Bate o sino pequenino

Sino de Belém

Já nasceu Deus-Menino

Para o nosso bem

Paz na Terra, pede o sino

Alegre a cantar

Abençoe Deus-Menino

Este nosso lar


Vamos minha gente

Vamos a Belém

Vamos ver Maria

E Jesus também

Já deu meia-noite

Já chegou o Natal

Já soou o sino

Lá na catedral


Bate o sino pequenino

Sino de Belém

Já nasceu Deus-Menino

Para o nosso bem

na Terra, pede o sino

Alegre a cantar

Abençõe Deus -Menino

Este nosso lar



Natal das Crianças

(música de Blecaute)

Natal, Natal das crianças
Natal da noite de luz

Natal da estrela-guia

Natal do Menino Jesus

Blim-blom, blim-blom, blim-blom

Bate o sino da matriz

Papai, mamãe rezando

Para o mundo ser feliz

Blim-blom, blim-blom, blim-blom

O Papai Noel chegou

Também trazendo presentes

Para a vovó e o vovô.
sábado, 20 de dezembro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS ( Noite Feliz)



As cantigas que estou postando nas BRINCADEIRAS e nas DOCES LEMBRANÇAS são na verdade todas canções e seriam próprias para este espaço. Mas separei para postar nas "Brincadeiras" as mais cantadas pelas crianças que tem como tema principal o PAPAI NOEL e aqui as que tem um sentido RELIGIOSO.

Segue a mais tradicional cantiga de Natal.



Noite Feliz



Silent Night (músicadeF.Gruber)





Noite feliz! Noite feliz!


Oh, Senhor Deus de amor Pobrezinho, nasceu em Belém


Eis na lapa Jesus,


nosso bem


Dorme em paz


Oh, Jesus


Dorme em paz


Oh, Jesus




Noite feliz! Noite feliz!


Oh, Jesus Deus da luz


Quão afável é o teu coração Que quiseste nascer


Nosso irmão


E a nós todos salvar


E a nós todos salvar




Noite feliz! Noite feliz!


Eis que no ar vem cantar Aos pastores


Seus anjos no céu Anunciando a chegada de Deus


De Jesus Salvador


De Jesus Salvador


0 comentários

POEIRA DA SAUDADE ( PAPAI NOEL QUE NÃO VI)

Na semana anterior deixei de postar neste espaço da "Poeira da Saudade" por não ter uma poesia de Natal adequada para o momento. Pesquisando encontrei lindas mensagens.
Gostei muito desta, mas não queria simplesmente copiá-la sem o conhecimento do autor.
E deixei meu blog incompleto. Mas valeu a pena esperar.
Hoje estou postando com o consentimento do autor que me indicou o site "Recanto das Letras" e hoje passo a divulgar aqui.



Esse querido e dócil Papai Noel
com suas maravilhosas renas,
será ele, o nosso Papai do Céu
ou será algum Deus de Atenas?

Com sua voz terna e tão mansa
tem uma popularidade imensa,
será o sonho de alguma criança
a espera de uma recompensa?

Histórias sobre ele muito ja lí
que esta gravada na minha mente,
mas esse bom velhinho, jamais ví
jamais me trouxe um presente.

Mas muito com ele já sonhei
e ele, a minha vida nunca visitou,
nenhuma lembrança dele ganhei
sei o motivo, muito pobre sou.

Esse amado personagem mundial
que meus sonhos ja percoreu,
embora, nunca tive um natal
data,que minha infancia não conheceu.

Mas isso, nunca tirou o seu brilho
e tambem nunca me deixou triste,
hoje, tento convencer meu filho
que esse bom velhinho existe.

autor: Gil de Olive

"Obrigada Gil e Parabéns!"
0 comentários

BRINCADEIRAS(Cantigas de Natal)

Continuando a relembrar as belas cantigas de Natal


O Velhinho
(música de Octávio Filho)


Botei meu sapatinho
Na janela do quintal
Papai Noel deixou
Meu presente de Natal
Como é que Papai Noel
Não se esquece de ninguém
[ Seja rico ou seja pobre
O velhinho sempre vem. ] bis

domingo, 14 de dezembro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS

Então é Natal


Happy Xmas (War is Over)

Música de John Lennon e Yoko Ono

Versão de Claudio Rabelo


Então é Natal

E o que você fez?

O ano termina

E nasce outra vez


Então é Natal

É a festa cristã

Do velho e do novo

Do amor como um todo


Então é Natal

E um Ano Novo também

Que seja feliz quem

Souber o que é o bem


Então é Natal

Pro enfermo e pro são

Pro rico e pro pobre

Num só coração


Então, bom Natal

Pro branco e pro negro

amarelo e vermelho

Pra paz, afinal


Então, bom Natal

E um Ano Novo também

Que seja feliz quem

Souber o que é o bem


Então é Natal

E o que a gente fez?

O ano

começa outra vez


Então é Natal

A festa cristã

Do velho e do novo

Do amor como um todo


Então é Natal

E um Ano Novo também

Que seja feliz quem

Souber o que é o bem


Hiroshima... Nagasaki... Mururoa...
0 comentários

BRICADEIRAS (CANTIGAS DE NATAL)

Quem na sua infância nunca cantou e se encantou com as cantigas de Natal?

E continuam ainda hoje bem vivas nas lembranças de todos.

A partir de hoje até o ANO NOVO vou relembrar essas cantigas.

Esta foi a primeira que aprendi a cantar.



BOAS FESTAS

(música de Assis Valente)



Anoiteceu

O sino gemeu

A gente ficou

Feliz a rezar

Papai Noel

Vê se você tem

A felicidade

Pra você me dar



Eu pensei que todo mundo

Fosse filho de Papai Noel

Bem assim, felicidade

Eu pensei que fosse uma

Brincadeira de papel



Já faz tempo que eu pedi

Mas o meu Papai Noel não vem

Com certeza já morreu

Ou, então, felicidade

É brinquedo que não tem
domingo, 30 de novembro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS (Não São Palavras Lindas - Heleno)

Linda música inesquecível e romântica. É impossivel não me emocionar ao ouví-la.



E por nada que eu te quero
E por tudo que me dás
Quero o teu amor sincero
Quero sempre te adorar
Eu quero teu amor minha querida
Eu quero sempre, sempre te adorar
Não penses que são só palavras lindas
Que se dizem sem pensar
Te quero tanto que por toda a vida
Meu calor te queimará
Se alguma vez quiseres esquecer-me
Não penses que tão fácil te será
Te amei tanto querida que em teus lábios
Os meus beijos levarás
Te amei com tanto amor que toda a vida
Meu calor te queimará
Não pensemos coisas tristes neste momento feliz
Guarde só no pensamento o que meu amor te diz
Eu quero teu amor minha querida
Eu quero sempre, sempre te adorar
Não penses que são só palavras lindas
Que se dizem sem pensar
Te quero tanto que por toda a vida
Meu calor te queimará
Acredite em mim
-Eu acredito meu amor
Fique mais pertinho
-Abraça-me! Forte, forte...
Eu quero ver somente por teus olhos
-E eu pelos teus
Eu vou fazer meu céu nos braços teus
Pois Deus fez este mundo tão pequeno
Que outra vez vou te encontrar
Te amei com tanto amor que toda a vida
Meu calor te queimará
Eu quero teu amor minha querida
Eu quero sempre, sempre te adorar
Não penses que são só palavras lindas
Que se dizem sem pensar
...


0 comentários

BRINCADEIRAS INFANTIS (Ramalhete )



Essa brincadeira deve ser bem antiga, do tempo de nossas bisavós, pois quem nos ensinou foi minha avó.
Uma menina com com um ramalhete(bouquê
de flores) perguntava às outras:



"-Ramalhete bem rematado

o moço manda perguntar se ele é de seu agrado?


A outra perguntava:

"-Quem é ele?"


E a primeira respondia dizendo o nome de um rapaz conhecido.

Se a menina gostava do rapaz dava um beijo no ramalhete se não gostava virava o rosto.

E assim perguntava a todas as meninas presentes e depois repetia mudando o nome do pretendente.

Ninguém se cansava de ficar horas nessa brincadeira, nos divertíamos dando boas risadas.Eu era bem pequenina ainda, não tinha "pretendentes" mas adorava brincar também.



sábado, 15 de novembro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS ( MENINA LINDA - Renato e Seus Blue Caps)




Ah! Deixa essa boneca, faça me o favor
Deixe isso tudo e vem brincar de amor
De amor, hei, hei, hei, de amor
Oh! Meu bem
Lembre-se que existe por ai alguém
Que tão sozinho vive sem ninguém
Sem ninguém, sem ninguém...
Menina linda eu te adoro
Menina pura como a flor
Sua boneca vai quebrar
Mas viverá o nosso amor
Oh! Meu bem
Deixa essa boneca, faça me o favor
Deixe isso tudo e vem brincar de amor
De amor, hei, hei, hei, de amor
Oh! Meu bem
Lembre-se que existe por ai alguém
Que tão sozinho vive sem ninguém
Sem ninguém, sem ninguém...
Menina linda eu te adoro
Menina pura como a flor
Sua boneca vai quebrar
Mas viverá o nosso amor
0 comentários

BRINCADEIRAS INFANTIS (Boneca)


Não poderia esquecer das bonecas.


Que encantamento!


Que alegria!

A boneca tão querida!
E cuidávamos como verdadeiras mamães cuidam de seus filhinhos.
As roupinhas, as mamadeiras e os passeios nos carrinhos.
Parecia tudo tão real naquele momento.



Das primeiras bonecas que me recordo:

Bonecas de pano(feita com carinho pelas avós

Bonecas de louça(não podíamos deixar cair porque quebravam e não podíamos deixar na chuva ou no sereno porque desmanchavam)





Bonecas de plástico(tinham um choro dentro delas e para fazê-las chorar tínhamos que virar de posição e não tinham cabelos.O próprio plástico imitava cabelo. Mais tarde surgiram as bonecas de cabelos colados e só depois os lindos cabelos que foram evoluindo com o tempo.)




E os carrinhos para as bonecas eram de madeira


OBS. Não encontrei foto da "Soneca" (boneca de corpo de pelucia vermelho ou azul, as mãozinhas, os pézinhos e a cabeça eram de "borracha", usavam um capuz com enchimento de "palha"
Pesquisando só encontrei uma Soneca, bem mais moderna.
Me corrijam e me ajudem a encontrar uma foto daquela bonequinha que muito encantou as crianças da decada de 80. se não me engano.
domingo, 2 de novembro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS (Bruxinha - Trem da Alegria)



Ô bruxinha bonitinha
da vassoura de capim
Me carrega pro espaço
Abra os braços só pra mim...

Ô bruxinha bonitinha
da vassoura de capim
Me carrega pro espaço
Abra os braços só pra mim...


Quem disse que as bruxas são feias?
Alcéias, Meméias e tal
Não sabem que nas luas cheias
Elas mudam o seu visual
E vestem camisas e meias
Que acham lá no meu varal
Depois dançam que nem sereias
Fazem festa, alegria geral...


Ô bruxinha bonitinhada
vassoura de capim
Me carrega pro espaço
Abra os braços só pra mim...

Ô bruxinha bonitinha
da vassoura de capim
Me carrega pro espaço
Abra os braços só pra mim...

Nós dois lá em cima sozinhos
Varrendo as estrelas do céu
Cá embaixo nossos amiguinhos
Fazendo o maior escarcéu
Os pássaros deixam seus ninhos
Abelhas dão tempo no mel
E assim cantam todos os bichinhos
Viva a bruxa de capa e chapéu!!!

Ô bruxinha bonitinha
da vassoura de capim
Me carrega pelo espaço
Abra os braços só pra mim...
Ô bruxinha bonitinha
da vassoura de capim
Me carrega pro espaço
Abra os braços só pra mim...
sábado, 1 de novembro de 2008 0 comentários

BRINCADEIRAS INFANTIS (BRUXA)

Na minha infância, lembro-me bem que brincávamos de "Bruxa". Isso no inicio da década de 70, na cidade de Cachoeira do Sul/RS. Já em 1972 quando nos mudamos para Rio Pardo/RS aprendemos que essa brincadeira chamava-se "Gata". Hoje as crianças costumam brincar de "Pega-pega".
Pela lógica o correto mesmo deve ser Pega-pega, não sei de onde originaram-se os outros dois nomes.
Belas lembranças de tempos felizes e brincadeiras saudáveis!
domingo, 12 de outubro de 2008 0 comentários

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!

MINHA HOMENAGEM
A TODAS AS CRIANÇAS
NESTE DIA ESPECIAL!!!









AOS MEUS FILHOS, PELAS CRIANÇAS LINDAS QUE FORAM E HOJE, APESAR DE CRESCIDOS CONTINUAM PARA MIM CRIANÇAS QUE MUITO AMO.









RODRIGO







______________________________________________










MATEUS




sábado, 11 de outubro de 2008 0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS (DEUS ABENÇÕE AS CRIANÇAS-NELSON NED))

Linda música cantada por Nelson Ned. Cantei muito quando criança.
Em cada rostinho tão lindo

de uma criança a brincar

nos parques da minha cidade

no páteo de um grupo escolar

eu vejo a expressão de alegria

que me faz sentir tão feliz

são meus irmãozinhos

são brasileirinhos

crescendo com o meu país.


Deus abençõe as crianças

as crianças do Brasil

pra que elas tragam ao mundo

um amor que jamais existiu.

Deus abençõe as crianças

e a juventude também

um sol de esperança

no mundo surgiu

raiou a juverntude do Brasil


Em cada criança que eu vejo

desperta o meu lado infantil

Eu vou rabiscar nas paredes

que eu também amo o Brasil

Criança que brinca de roda

envolta de todo o País

são meus irmãozinhos

são brasileirinhos

e eu me sinto tão feliz


Deus abençõe as crianças

as crianças do Brasil...
0 comentários

BRINCADEIRAS DE RODA (Criança Feliz)

Na verdade esta não é uma cantiga de roda, mas na infância cantávamos nas brincadeiras de roda.

Criança feliz
feliz a cantar
alegre a embalar
seu sonho infantil.
Oh! Meu bom Jesus
que a todos conduz
olhai as crianças do nosso Brasil.



Crianças com alegria

qual um bando de andorinhas
viram Jesus que dizia:
-"Vinde a mim as criancinhas"

Hoje no céu um aceno

os anjos dizem amém
porque Jesus Nazareno
foi criancinha também.

Crianças feliz

feliz a cantar
alegre a embalar
seu sonho infantil
Oh! Meu bom Jesus!
Que a todos conduz
olhai as crianças do noso Brasil.
domingo, 28 de setembro de 2008 0 comentários

PRIMAVERA


0 comentários

DOCES LEMBRANÇAS ( Primavera e Manhãs de Setembro)



PRIMAVERA
Tim Maia
Quando o inverno chegar
Eu quero estar junto a ti
Pode o outono voltar
Que eu quero estar junto a ti (porque)

Eu (é primavera)
Te amo (é primavera)
Te amo (é primavera) meu amor
Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)

Trago esta rosa (para te dar)
Meu amor...

Hoje o céu está tão lindo (sai chuva)
Hoje o céu está tão lindo (sai chuva)
(É primavera)

________

MANHÃS DE SETEMBRO
Vanusa
Fui eu quem se fechou no muro e se guardou la fora
Fui eu que num esforço se guardou na indiferença.
Fui eu que numa tarde se fez tarde de tristeza
Fui eu que consegui ficar e ir embora.
E fui esquecida
Fui eu
Fui eu que em noite fria se sentia bem
E na solidão sem ter ninguém fui eu
Fui eu que em primavera só não viu as flores
e o sol
Nas manhãs de setembro.
Eu quero sair
Eu quero falar
Eu quero ensinar o vizinho a cantar
Eu quero sair
Eu quero falar
Eu quero ensinar o vizinho a cantar
Nas manhãs de setembro
Nas manhãs de setembro
Nas manhãs de setembro
Nas Manhãs...
0 comentários

BRINCADEIRAS INFANTIS ( A Linda Rosa Juvenil)



Como já estamos na primavera recordo esta linda cantiga de roda.
Quando crianças, cantávamos pela metade, não conhecíamos toda a letra
que encontrei hoje no site: http://www.ensinarbrincando.com.br/ , e tomei a liberdade de copiar.

Obs.:copiei a letra, as ilustrações são por minha conta.
A linda Rosa juvenil
(Ótima para dramatizar)

Inicia todos em roda, uma criança no centro (rosa) duas fora(rei e feiticeira
1 - A linda rosa juvenil, juvenil, juvenil
A linda rosa juvenil, juvenil
(enquanto a roda gira entoando a canção.)




2 - Vivia alegre no seu lar, no seu lar, no seu lar
Vivia alegre no seu lar, no seu lar
,(a personagem da rosa saltita)


3- Mas uma feiticeira má, muito má, muito má
Mas uma feiticeira má, muito má
( feiticeira passa para o centro da roda)
4- Adormeceu a Rosa assim, bem assim, bem assim,
Adormeceu a Rosa assim, bem assim ( Feiticeira, faz de conta que adormece a Rosa)



5- Não há de acordar jamais, nunca mais, nunca mais
Não há de acordar jamais, nunca mais
(roda para de girar, enquanto crianças fazem os gestos, e feiticeira...)



6- O tempo passou a correr, a correr, a correr,
O tempo passou a correr, a correr
(feiticeira sai, roda gira)



7- Um mato cresceu ao redor, ao redor, ao redor
Um mato cresceu ao redor, ao redor
(crianças da roda se aproximam da rosa de mãos dadas e braços erguidos)



8- Um dia veio um belo rei, belo rei, belo rei,
Um dia veio um belo rei, belo rei
(o rei passa para o centro)


9- E despertou a rosa assim, bem assim, bem assim,
e despertou a rosa assim, bem assim
(O rei acorda a rosa com um beijo)


Obs.: Cantávamos apenas os versos 1,2,3,4,8 e 9 (os versos 5,6,7 não conhecíamos) e no final cantávamos assim:
"Digamos ao rei muito bem! Muito bem!Muito bem!" (batendo palmas)



 
;